O que é?

O que é uma Comunidade Quilombola?

A palavra quilombo é originária do idioma africano quimbundo, que significa: “sociedade formada por jovens guerreiros que pertenciam a grupos étnicos desenraizados de suas comunidades.” Atualmente a definição mais comum de quilombo é: “uma comunidade negra rural habitada por descendentes de africanos escravizados, com laços de parentesco, que vivem da agricultura de subsistência, em terra doada, comprada ou secularmente ocupada por seus antepassados, os quais mantêm suas tradições culturais e as vivenciam no presente, como suas histórias e seu código de ética, que são transmitidos oralmente de geração a geração.”

O que é o Circuito Quilombola?

O Circuito Quilombola do Vale do Ribeira é uma oportunidade única de fazer turismo de base comunitária e ao mesmo tempo conhecer a cultura afro-brasileira, participando de seu cotidiano observando seus conhecimentos tradicionais,visitando as belezas naturais e, principalmente, ouvindo as histórias de luta e resistência das comunidades, que contribuem até hoje para preservar as riquezas da sociobiodiversidade da região. São cachoeiras, rios como o Ribeira de Iguape e Pedro Cubas, cavernas, como a do Diabo com suas lagoas internas e milhares de estalactites e stalagmites,
formando verdadeiras esculturas, as casas do Artesão e de Pedra; as trilhas do ouro, os sambaquis, de grande interesse arqueológico, os portos De Fora e Abrão e muitos outros atrativos que vão encantar os visitantes. Já a gastronomia quilombola é um item à parte que ajuda a contar a história dos quilombos do Ribeira. O visitante poderá saborear um legítimo café da roça e um almoço e jantar tradicionais, elaborados com produtos das roças quilombolas. Apresentações culturais, como a tutuca no pilão, as danças de Nhamaruca, do Trabalhador, da Mão Esquerda, da Roda de Capoeira e da Bandeira do Divino do Espírito Santo são um dos pontos altos do Circuito. Sem falar nas festas tradicionais do calendário quilombola como a da Ostra, de Santo Antônio, de Santa Catarina, de São Pedro, da Nossa Senhora de Aparecida, do Rosário dos Homens Pretos. Os turistas também poderão conhecer os bananais orgânicos, as roças de mandioca, as plantas e ervas medicinais usadas por essas populações tradicionais. Há vários tipos de circuito montados para grupos e voltados a públicos específicos. Entre no site www.quilombosdoribeira.org.br e conheça os diferentes roteiros! Escolha o mais adequado e venha participar do Circuito Quilombola.